Associação precisa de ajuda para e cuidar de 58 idosos



domingo, 20 de janeiro de 2019 - 11:49

Share Button

Por Assessoria Unimed

A Aspan será beneficiada com campanha de donativos realizada pela Unimed JP: solidariedade

Dona Elza, 77 anos, se descreve como uma idosa feliz. Dona Ivone,75, adora jogar dominó com os amigos ao ar livre. Aos 92, Seu Arnaldo se orgulha da lucidez e se recorda de um passado bem vivido. Três histórias de vida diferentes, mas com um destino em comum: eles estão entre os 58 idosos que, atualmente, vivem na Associação Promocional do Ancião (Aspan).

Fundada há 35 anos, a Aspan precisa permanentemente de ajuda para manter a assistência aos idosos. Para auxiliar a instituição, a Unimed João Pessoa está realizando uma campanha de arrecadação de donativos.

De acordo com o diretor financeiro da Aspan, Hertyson Cândido, as necessidades são muitas e, apesar da boa vontade de voluntários e doadores, as contas não fecham no final do mês. “Recebemos muita ajuda, como alimentação, itens de higiene e fraldas. E por conta delas, não estamos no vermelho. Mas, mensalmente, também precisamos de doação financeira, para o pagamento dos funcionários, pois o valor de 70% da aposentadoria dos idosos não consegue cobrir essas despesas”, disse.

Dos 58 idosos assistidos pela instituição, 48 são mulheres. A mais velha delas com 102 anos. “Os idosos chegam aqui por meio dos familiares, do Ministério Público ou mesmo por vontade própria. A maior parte não recebe mais a visita de parentes. Por isso, também seria muito importante que as pessoas visitassem os idosos”, comentou Hertyson.

CUIDADO ASSISTENCIAL

Na Aspan, os idosos são atendidos por uma equipe multiprofissional, formada por enfermeiros, técnicos em enfermagem, fisioterapeutas, nutricionistas e médicos, além dos voluntários e funcionários. “Temos parcerias com faculdades para que os alunos da área de saúde prestem assistência aos idosos, sempre monitorados por um profissional”, explicou o diretor financeiro.

Dona Elza adora conversar com os amigos da Aspan“SOU UMA IDOSA FELIZ”

Dona Elza do Nascimento mora na Aspan desde os 71 anos, onde fez muitos amigos. “Gosto de estar aqui. Tenho uma sobrinha que vem me visitar e que me leva para passear. Ela trabalha e não tem filhos. Só deixaria de morar aqui se ela tivesse um filho, pois iria cuidar dele”, disse.

Ela se orgulha de estar sempre arrumada, de conseguir tomar banho e se alimentar sozinha, e de ter Margô, Ivone, Milton – também moradores da instituição – e a professora Jenifer como amigos. Há apenas uma reclamação: “A comida aqui vem quase sem sal. É minha única reclamação. Mas eles dizem que fazem isso pensando na nossa saúde”, disse em meio a muitas risadas.

Dona Ivone gosta de jogar dominó ao ar livre
“PODEM CONFIAR E DOAR PARA A ASPAN”

Com relação à campanha da Unimed JP para ajudar à instituição, Dona Ivone Vellozo Cavalcante Dutra é enfática: “Podem confiar e doar para a Aspan. Pode ser dinheiro ou outra coisa. Aqui, eles cuidam direito. É tudo muito bem empregado”, disse.

Há sete meses na Aspan, Ivone escolheu por conta própria ficar na instituição para fugir da solidão. “Tenho duas filhas. Uma mora no Rio Grande do Sul. Lá é muito frio, não conseguiria viver em um lugar assim. Minha outra filha trabalha o dia todo e estuda de noite. Ficava sozinha em casa. Por isso, achei melhor viver aqui, porque na casa de parente, devendo favor, eu não queria não”, afirmou.

Arnaldo: orgulho de tudo que fez ao longo da vida“JÁ VIAJEI MUITO. HOJE PREFIRO FICAR AQUI”

Seu Arnaldo Gomes de Lima está morando há cinco anos na Aspan. Inicialmente, chegou para passar um mês e resolveu ficar. “Tive cinco filhos. Depois que fiquei viúvo, fui morar com uma filha. Estando lá, minha vida era viajar. Já viajei muito, por terra, pelo mar e pelo ar. Hoje, prefiro ficar aqui. Conheço todo esse Brasil. Mas, um dia, minha filha resolveu ir passar um tempo em São Paulo. De lá, não gosto. Aí, resolvi ficar aqui. Gostei e estou até hoje”, disse.

Alfaiate, Seu Arnaldo se orgulha de ter feito roupas para pessoas muito importantes. “ Fiz roupa, inclusive para Fabiano Vilar, o fundador da Aspan. Ele era meu cliente e uma pessoa muito boa”.

SAIBA MAIS

Quer conhecer a Aspan ou fazer uma visita aos idosos? A instituição funciona na Rua Antônio Correia de Matos, 55, Cristo Redentor e o telefone para contato é o 3223-2163.

CAMPANHA

A Unimed João Pessoa iniciou a campanha para ajudar a Aspan no dia 21 de dezembro. Além dessa instituição, também está sendo beneficiada a Associação Metropolitana de Erradicação da Mendicância (Amem).

Estão sendo arrecadadas fraldas geriátricas G e extra G, materiais de higiene pessoal (sabonete líquido, enxaguante bucal, desodorante e papel higiênico) e material de limpeza (sabão líquido). As doações podem ser realizadas até o dia 20 de janeiro em um dos cinco pontos de coleta nas unidades da Cooperativa. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone 2106-0474 ( ao ser atendido, selecionar a opção 2).

“Essa campanha ajuda de duas formas: com donativos e com informações de que a Aspan existe e precisa de ajuda. Há 3 anos, quando a nova administração assumiu – apesar de ter 32 anos fundação à época – éramos desconhecidos, e as pessoas  não doam para uma instituição que não conhecem”, explicou Hertyson.

PONTOS DE ENTREGA

  • Sede da Unimed João Pessoa: Rua Marechal Deodoro da Fonseca, 420, Torre
  • Viver Melhor: Avenida Bento da Gama, 396, Torre
  • Hospital Alberto Urquiza Wanderley: Avenida Ministro José Américo de Almeida, 1450, Torre
  • Hospital Moacir Dantas: Avenida Ministro José Américo de Almeida, 1338, Torre
  • Núcleo de Atenção à Saúde Sul (NAS-Sul): Avenida Sérgio Guerra, 281, Bancários

Share Button

Mais Notícias

(c) 2013 Agenda Paraíba - Todos os direitos reservados.