Educação

Lyceu Parahybano – berço da cultura e do jornalismo



terça-feira, 12 de fevereiro de 2019 - 09:23

Share Button

Com relatos de Celso Furtado, Zezita Matos, Elba Ramalho, Flávio Tavares, Márcia Lucena, José Octávio de Arruda Mello, Biu Ramos, Carlos Pereira de Carvalho, Walter Santos e registros sobre ex-alunos da mais tradicional escola pública da Paraíba, o jornalista e escritor Josélio Carneiro publicará, em breve, a plaquete “Lyceu Parahybano – berço da cultura e do jornalismo”. Alunos de várias gerações um dia se tornaram governador da Paraíba. O poeta Augusto dos Anjos foi aluno e professor.


O pequeno livro será impresso pela Editora de A União e visa registrar os 182 anos da escola e mostrar aos atuais alunos e futuras gerações o quanto o Lyceu foi importante para a cultura, além de ser o berço de nosso jornalismo. Ainda hoje é um símbolo. Criado em 24 de março de 1836, por 100 anos funcionou no prédio da antiga Faculdade de Direito da UFPB, ao lado do Palácio da Redenção.
Em 1937 o governador Argemiro de Figueiredo inaugurou o atual prédio na avenida Getúlio Vargas. Uma arquitetura que lembra um navio. O livro tem Apresentação de Márcia Lucena, então secretária de estado da Educação, hoje prefeita do Conde. A capa é assinada por Naudimilson Ricarte, gerente de Artes de A União Editora.

Share Button

Mais Notícias

(c) 2013 Agenda Paraíba - Todos os direitos reservados.